Por Janine Brito

Não tínhamos como prever que o ano de 2020 seria complicado – em diversos âmbitos – e pudesse apresentar tantas adversidades a serem superadas. Acredito que, em momentos assim, é primordial refletirmos acerca da nossa realidade e, a partir deste momento, buscar alternativas para encontrar uma nova visão sob a realidade que se descortina diante dos nossos olhos. A chegada do novo coronavírus (Covid-19) nos levou a esta necessidade.

Há pouco menos de uma semana, tivemos a divulgação da queda de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre deste ano, em comparação com os últimos três meses de 2019, no Brasil. Os dados apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) demonstram uma das consequências da pandemia no nosso país.

Podemos ressaltar que a consequência desta queda do PIB reflete diretamente nas micro e pequenas empresas, visto que o número de vendas de um negócio se conecta com a economia do país. Atualmente, tivemos a necessidade de parar a movimentação comercial para frear a transmissão do coronavírus nas nossas cidades, o que impactou inúmeros empreendimentos.

Para tanto, faço um apelo para os empreendedores brasileiros: neste momento, não podemos deixar que a angústia tome conta da gente. Agora, mais do que nunca, precisamos reerguer a cabeça para compreender a nova era que estamos adentrando. O mundo que conhecíamos já não existe mais. Nós, como empreendedores, devemos nos adequar aos novos tempos.

Leia Também:  O helicóptero de Ibaneis

Talvez seja a hora de nos aliar às tecnologias e, além disso, buscar novas formas para dar sequência à vida. Não adianta cruzarmos os braços para esperar a pandemia acabar, sendo que precisamos buscar novas oportunidades para reinventar não apenas uma empresa, mas também cada minuto da nova realidade que vivemos e que o mundo, agora, está inserido.

Ainda há uma caminhada longa, misteriosa e diferente de tudo que já tivemos contato antes, mas sabemos que é possível se redescobrir e alcançar novos ideais – mesmo em momentos atípicos. Estamos em constante evolução, então, devemos ser racionais e concisos com as mudanças da vida. Não é momento para desistir, mas sim de se redescobrir como pessoa e também como profissional.

De cabeça erguida, sigamos. O mundo precisa de nós.

 

 

3c475bf8 1d18 4e21 ba5d 9904d4d8165e - A necessidade de se adaptar ao novo mundo 

Diretora executiva da Pinheiro Ferragens, CEO do Grupo Pinheiro de Brito, fundadora do Grupo Empresários em Ação e escritora*
(Proativa)
vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments