Antecipação da segunda dose é suspensa

Após reunião com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a Secretaria de Saúde do DF decidiu suspender o plano de antecipação da aplicação da segunda dose de vacinas contra a Covid-19. A pasta estudava aplicar a segunda parte da Oxford/AstraZeneca e Pfizer com apenas 60 dias de intervalo e não 90 dias como manda o Plano Nacional de Imunização. De acordo com o secretário Osnei Okumoto, o plano voltará para a fase de análises. Na quinta-feira (15), a capital recebeu 62 mil imunizantes e o governo ampliou a campanha para pessoas a partir de 40 anos.

O agendamento para as 46,5 mil vagas desta faixa etária estará disponível às 15h pelo site vacina.saude.df.gov.br.

Sobre os profissionais da área de educação que receberiam as doses antecipadamente na próxima terça-feira (20), Osnei Okumoto afirmou que os servidores não serão mais atendidos, por enquanto, e deverão aguardar os três meses recomendados para a aplicação da segunda dose.

Autor

Reivindicações da Polícia Civil do DF – Resenha com Alex Galvão em 27/10/21

27/10 às 20:00
Reivindicações da Polícia Civil do DF – Resenha com Alex Galvão em 27/10/21

Horas
Minutos
Segundos
Estamos ao vivo