Faltando seis dias para a posse do futuro presidente da República, a Polícia Federal investiga um possível atentado a Jair Bolsonaro.

Essa investigação da PF começou com a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). E buscam os responsáveis que colocaram uma bomba próximo a igreja Santuário Menino Jesus, em Brazlândia, na madrugada de terça-feira (25).

O artefato foi desarmado pela Polícia Militar. A informação foi divulgada pelo portal Metrópoles.

O grupo suspeito se chama Maldição Ancestral, que tem um site no qual diz estar “em tocaia terrorística contra o progresso humano”. Nesta página disseminam mensagens como “o caos e o terror no seio da civilização”.

Leia Também:  Volta dos extintores de incêndio nos carro

O que chamou a atenção da Polícia Civil, segundo o Metrópoles, foi o fato de o grupo ter assumido a autoria do atentado, inclusive postando fotos do artefato explosivo antes de ser levado à igreja.

Em outra mensagem, o grupo diz: “Se a facada não foi suficiente para matar Bolsonaro, talvez ele venha a ter mais surpresas em algum outro momento, já que não somos os únicos a querer a sua cabeça”.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Paulo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Paulo
Visitante
Paulo

Pena de morte para estes terroristas!!!

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu