Ano novo, vida e governos novos. O Brasil estará sobre nova direção com a posse do presidente, Jair Messias Bolsonaro. Já o combalido Distrito Federal estará sob a batuta do advogado Ibaneis Rocha (MDB). O homem tem a chave da cidade. No primeiro momento toda a sociedade deve torcer para o melhor e cobrar na hora certa. Hoje temos serviços públicos deficitários, cidade violenta e a insatisfação da população com a classe política.

Ibaneis foi eleito pela maioria dos votos.  Hoje ele é o governador de todos. Se o homem forte da cidade tiver feridas passadas, que as cure. Na campanha muito foi prometido e pela situação de caos que o DF se encontra não há muito a se esperar.

Mesmo antes de assumir, algumas polêmicas. Uma delas foi ter trazido os “refugos” do governo Temer para assumir cargos estratégicos de sua gestão. O segundo foi a aproximação ao presidente Bolsonaro, e aí, nessa sua tomada de posição, surgiu uma polêmica, que foi a escolha do secretário de Educação Rafael Parente.

Leia Também:  Visita ao Parque Nacional

O nome de Rafael em si não tem nada demais. Mas o ativismo político do secretário confronta com a intenção de Ibaneis de aproximação aos conservadores ligados a Bolsonaro. Aliás, Rafael Parente na sua gestão deve focar no dia a dia das escolas e nada mais. Há coisa mais importante a se preocupar do que essa baboseira de ideologia de gêneros e afins.

Entre secos e molhados esperamos dias melhores para a nossa linda cidade e torcer contra o próximo governo será de um egoismo sem fim. Críticas a Ibaneis é muito cedo, mas com toda a certeza do mundo já sabemos quais os caminhos que ele está pegando.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.