Por Renato Riella

Quero fazer uma delação premiada.

Entrevistei o Lula na década de 80,aqui em Brasília.

Foi no Eron Hotel.

Nessa entrevista, de manhã, ele bebeu rum o tempo todo.

E deu demonstrações explícitasde breguice e falta de educação.

Nós, brilhantes jornalistas, achamos o maior barato.

Qualquer merda queele fazia a gente aplaudia.

Ajudei a trabalhar bem esta imagem de sindicalista, idealista, rústico, charmoso, quase Fidel.

Lula era um novo Chê! Pronto, falei!

Mas este meu crime já prescreveu…

Nem tentem me condenar.

Me deixem às voltas com meu remorso.

E como dói!

Deixe uma resposta