Líderes da Câmara e do Senado testam sistema de votação de vetos presidenciais. Não serão analisados os que tratam da desoneração da folha e do saneamento. A Comissão Mista da Reforma Tributária se reúne novamente. No STF, destaque para julgamento sobre correção de débitos trabalhistas. O BC divulga a ata do Copom e o IBC-Br de junho. Veja os principais itens da semana a seguir.

Esta semana

✓ A Câmara deve votar projeto de lei que libera saques no FGTS por conta da pandemia do coronavírus.

Segunda, 10/08

✓ Líderes partidários da Câmara e do Senado se reúnem para discutir votação de vetos presidenciais.

Terça, 11/08

✓ Prevista sessão do Congresso Nacional para analisar vetos presidenciais.

✓ O Banco Central divulga a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária, quando o colegiado reduziu de 2,25% para 2% a taxa básica de juros (Selic).

Quarta, 12/08

✓ O Senado pode votar projeto de lei complementar que proíbe o contingenciamento dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e o transforma num fundo financeiro. O FNDCT tem mais de R$ 6 bilhões autorizados pelo Orçamento, mas, atualmente, R$ 5 bilhões não podem ser aplicados em ciência, tecnologia e inovação (CT&I) porque estão contingenciados.

Leia Também:  GDF pensando em 2060. Sim, 2060

✓ A Comissão Mista da Reforma Tributária promove audiência pública, às 10h, com Rafael Fonteles, Presidente do Comitê Nacional de Secretários de Fazenda dos Estados.

✓ O Supremo Tribunal Federal julga constitucionalidade da aplicação da TR como índice de correção monetária a ser adotado em débitos trabalhistas.

Quinta, 13/08

✓ O presidente Jair Bolsonaro faz o balanço da semana por meio de live em suas mídias sociais.

✓ A Confederação Nacional da Indústria divulga o Índice de Confiança do Empresário Industrial.

Sexta, 14/08

✓ O Supremo Tribunal Federal (STF) deve concluir julgamento para saber se a Receita Federal pode, de ofício, compensar débitos — inclusive os incluídos em parcelamentos — com valores de tributos pagos a mais. O único a votar até o momento foi o relator, ministro Dias Tofolli, que votou contra a prática da Receita.

✓ O STF também deve concluir julgamento sobre a possibilidade de lei complementar impor restrições para o aproveitamento de créditos de ICMS. O relator, ministro Marco Aurélio, votou a favor do contribuinte.

✓ O Banco Central divulga o IBC-Br (prévia do PIB) de junho.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!