A Embraer divulgou, ontem (5), que registrou um prejuízo bilionário no segundo trimestre de 2020. A perda foi de R$ 1,68 bilhão. De acordo com a empresa, a maior parte do prejuízo do período deveu-se a despesas pontuais, e que os resultados dos próximos trimestres não devem ser tão negativos.

Leia Também:  Bolsonaro terá que olhar 'na cara' de Bebianno

Ainda de acordo com a empresa, o segmento de aviação comercial caiu 77%, para R$ 563,9 milhões no período. O principal motivo para a queda é a pandemia da COVID-19. Também disse que até 50% das aeronaves encomendadas tiveram sua entrega adiada para 2022.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments