Por Felipe Fiamenghi

Eu queria entender o motivo da resistência a alguns assuntos. Sei que o voto impresso é uma pauta “da direita”, mas qual é a LÓGICA de alguém ser contrário?

O mais bizarro é que, quem não apoia o projeto é EXATAMENTE quem se diz “em defesa da democracia”. Oras, como é POSSÍVEL existir democracia sem TRANSPARÊNCIA? O único motivo para se opor à pauta é ter a intenção de fraudar uma eleição. Impossível existir outro!

Qual cidadão, em sã consciência, sem nenhuma má intenção, vai “lutar” para que as urnas se mantenham inauditáveis? Não existe NENHUM argumento válido. Dizer que “o mundo todo está adotando esse sistema” é mentira. TODO O PLANETA RECUSOU o sistema eleitoral brasileiro, de primeira geração.

Os países que usam, hoje, usam o de TERCEIRA GERAÇÃO. E mesmo os sistemas mais modernos apresentam falhas graves. Em 2017, durante a ‘Hacking Def Con’, conferência de Hackers que acontece anualmente em Las Vegas, TODAS as urnas foram invadidas em MENOS DE 1 HORA E MEIA.

O voto impresso, para conferência do eleitor e dupla contabilização, é a ÚNICA forma se garantir a lisura do processo. Quem se opõe, insiste para que continuemos reféns de um sistema vulnerável, está se opondo à democracia.

Não é uma questão de ideologia. Transparência eleitoral é DIREITO do cidadão e DEVER do Estado.

Deixe uma resposta