Depois da confusão gerada num grupo de Whatsapp formado por secretários do governo de Ibaneis Rocha, o primeiro escalão do Buriti quase sofreu uma baixa importante na gestão – entenda aqui.

O secretário de Educação, Rafael Parente, foi ao gabinete do governador pedir sua exoneração. Isso teria ocorrido na terça-feira passada.

Leia Também:  Prestígio para a PM mulher

Depois de uma conversa e um cafézinho, Ibaneis demoveu da cabeça de Parente, a ideia de sair. Ele continuou no cargo.

Segundo fontes, no momento as relações entre os dois secretários estão de vento em polpa.

Nada que uma boa DR não resolva.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu