Diante do caos em que a saúde pública do Distrito Federal se encontra, o governador Ibaneis Rocha (MDB) deve assinar decreto declarando situação de emergência na área. É o que informa o Correio Braziliense.

A medida deve ocorrer nesta manhã, no lançamento do programa SOS Saúde, no Instituto Hospital de Base.

Esse cenário de caos deve ter conseqüências fatais, segundo concluiu um diagnóstico feito pela equipe de Ibaneis.

Co essa medida, o GDF pode comprar medicamentos e insumos sem licitação, convocar concursados, contratar servidores e estender cargas horárias de trabalho.

Leia Também:  O cordão umbilical entre Ibaneis e Rollemberg

O DF tem uma dívida de pelo menos R$ 350 milhões com hospitais particulares.

Não seria o primeiro “estado de emergência” decretado pelo governo. No início do seu governo, Rodrigo Rollemberg tomou a mesma medida pelos mesmos motivos. No caso, o estado de emergência só veio terminar em julho de 2017.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu