Após a oficialização da venda da CEB Distribuição ao grupo Neoenergia na última terça-feira (2), a estatal tem um novo presidente: Frederico Jacob Candian, que chega com um objetivo central: modernização. O foco é oferecer conforto aos usuários, segundo ele.

“Encaro o momento atual como grande alegria e disposição, convicto de que iremos promover as transformações necessárias na Neoenergia CEB-D, como foco na modernização do sistema elétrico implantando inovações tecnológicas e na oferta de canais de atendimento que facilitem o relacionamento e ofereçam conforto aos nossos clientes”, afirma o novo presidente.

Longa trajetória no grupo Neoenergia

Com mais de 20 anos de carreira dentro do Grupo Neonergia, Frederico iniciou a sua trajetória como trainee na Elektro no ano 2000. Na distribuidora, que atende parte dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, ele atuou como engenheiro e posteriormente ocupou posições de liderança como supervisor e gerente em diversos setores da distribuidora, até ascender ao nível de superintendente de Corporativo de Redes de Distribuição do Grupo Neoenergia. Sua última função antes de assumir a presidência da Neoenergia CEB-D era de Diretor de Processos e Tecnologia de Redes da Neoenergia.

“Ao longo de toda a minha jornada no grupo Neoenergia vivenciei experiências profissionais em diversas áreas que foram fundamentais para a minha trilha de carreira. Nessa trajetória de oportunidades, sempre estive cercado de profissionais dedicados e competentes que foram fundamentais para o meu crescimento e o da organização”, relembra Frederico. “Encaro o momento atual como grande alegria e disposição, convicto de que iremos promover as transformações necessárias na Neoenergia CEB-D, como foco na modernização do sistema elétrico implantando inovações tecnológicas e na oferta de canais de atendimento que facilitem o relacionamento e ofereçam conforto aos nossos clientes”, frisa o novo presidente da CEB Distribuição.

FredericoCandianCEB - Modernização da CEB
Frederico Jacob Candian

Na visão do CEO da Neoenergia, Mario Ruiz-Tagle, o plano de investimentos da CEB-D para 2021 prevê lucro triplicado em relação aos anos passados. “O Distrito Federal é uma região estratégica e institucionalmente importante do país com alta capacidade de atração de novos investimentos dos segmentos comerciais e industriais”, comentou. “Vamos capacitar a nossa estrutura de elétrica para que ela ajude a impulsionar essa capacidade de atração para estimular o desenvolvimento regional”, prosseguiu o CEO.

Leia Também:  Maldade ilimitada: morador de rua tem corpo queimado

Ibaneis quer infraestrutura

Após assinar o contrato de compra e venda da CEB Distribuição, o governador Ibaneis Rocha comemorou o que chamou de “início de um ciclo” e projetou investir os R$ 2,51 bilhões em infraestrutura.

“Você tem um modelo de privatização onde o recurso entra não para pagar dívida, porque as contas do distrito federal estão, graças ao André Clemente [secretário de Economia], ajustadas”, declarou o governador. “Esse recurso entra hoje para ser investido naquilo que importa para a população do DF, que é infraestrutura. Nós precisamos melhorar a infraestrutura do Distrito Federal.”

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!