PGR dá prazo e governadores terão que prestar contas sobre Hospitais de Campanha

O Ministério Público Federal encaminhou ofício aos governadores dos estados e do DF, Ibaneis Rocha (MDB), solicitando informações sobre quantos hospitais de campanha foram construídos no período da Pandemia e quais estão efetivamente funcionando.

A Procuradoria-Geral da República, através da subprocuradora-Geral, Lindora Maria Araújo, deu um prazo de oito dias, vencido na próxima sexta-feira (19), para que os gestores expliquem quantos e quais hospitais de campanha foram construídos no estado. Quais hospitais de campanha foram construídos e não entraram em funcionamento, e, dentre os que entraram em funcionamento, informar a data de inauguração das atividades de atendimento.

Solicita ainda, listar os hospitais de campanha que estão em funcionamento na presente data e, em relação aos desativados, informar a data da desativação e o motivo do fechamento. Qual a destinação dada aos insumos e equipamentos que compunham a estrutura de eventuais hospitais de campanha que tenham sido desativados no estado.

Confira o ofício na íntegra