A ideia é ampliar as possibilidades do primeiro emprego aos estudantes de 14 a 18 anos de idade

Conforme decreto publicado, nesta quinta-feira (17), a gestão e a execução da iniciativa – criada em 2013 – saiu da Secretaria de Juventude para a Pasta do Esporte e Lazer, sendo de sua responsabilidade, a partir de agora contratos e instrumentos vinculados ao projeto, assim como recepção, alocação e acompanhamento de atividades de seus jovens aprendizes nos órgãos e entidades do Distrito Federal.

Leia Também:  Parente é Bolsonaro. Ou quase...

O objetivo do programa é estimular a formação técnico-profissional dos adolescentes, por meio de atividades teóricas e prática, desde que os jovens estejam com idade entre 14 e 18 anos incompletos, cursando regularmente o ensino fundamental ou médio em escola pública local – ou em instituição particular na condição de bolsista.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!