A sucessão começa a se configurar

Já estamos no meio do ano e as peças dos tabuleiros começam a se montar. A notícia da semana é o ex-deputado federal, Jofran Frejat (PR) decidiu ser candidato ao Palácio do Buriti. A tiracolo trouxe consigo, a ex-deputada distrital Eliana Pedrosa (sem partido). 
Inclusive Eliana disse que abre mão de qualquer pretensão em favor do projeto. 
Na dita direita Alírio Neto (PTB) e Izalci Lucas (PSDB) também são candidatos ao Palácio do Buriti. Ambos tem partido político com um bom tempo de TV. Izalci conseguiu o aval dos tucanos para tocar o projeto que quiser. Alírio desfruta de prestígio com o PTB nacional vide Roberto Jeferson, o maior entusiasta de sua candidatura.
Uma pesquisa feita pelo PTB mostra que o delegado pode sonhar. E mais: Alírio terá o trunfo de estar na TV e rádio nos próximos dias. Além de uma baixa rejeição. 
Lá pelos lados de Izalci, a missão é acalmar o partido e mostrar que uma coligação com Rollemberg está descartada. Esse fantasma boateiro persegue o deputado federal que precisa exorcizar o PSB. 
Estive na minha vidente Mamãe Boca de Sapo, a catimbozeira vê a direita se fechando em torno desses nomes: Jofran Frejat, Alírio Neto, Izalci Lucas e Eliana Pedrosa. Segundo os búzios da Mamãe, o concorrente do governador Rodrigo Rollemberg sairá desses nomes. 
A Eliana Pedrosa falta um partido, mas essa semana ela recebeu várias sondagens e seu nome corre por fora de maneira discreta. 
O que todos já colocaram na cabeça é que não cabe nenhuma interferência no projeto da direita. O ex-governador José Roberto que queria “mandar” na sucessão não irá ter voz. 
A dita direita está confusa, mas no final todos vão se entender. A vidente Mamãe Boca de Sapo não falha. 
A dita cuja sabe o que fala. 

Fonte: Redação