Em Águas Claras, o administrador regional da cidade, Ney Robsthon, está sendo alvo de críticas por políticos e nas deres sociais.

Comerciantes de rua denunciam que estão sendo coagidos por ele a se retirarem. Caso contrário, a Agefis o fará.

Um dos que se indignou é o ex-diretor do Procon-DF, Todi Moreno. Nas redes ele escreveu:

“A gastronomia de rua já virou tradição na cidade! Muitas pessoas vem de outras cidades para consumir aqui. Esse movimento sustenta centenas de famílias. Sou a favor que regulamente mas proibir esse trabalhadores sou contra”, disse ele em uma postagem.

Leia Também:  Rollemberg ouve petistas em relação a servidores

O ex-vice-governador, Renato Santana, também se manifestou em seu instagram. Com a imagem de uma faixa fazendo menção às ameaças, Santana escreveu:

 

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alexandre
Alexandre
5 meses atrás

Me deu vontade de ir degustar. Creio q as medidas devam ser tomadas com cuidado e, pq não dizer: sabedoria. Estamos precisando de um pouco mais disso ultimamente.

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.