O empresário e advogado Luis Felipe Belmonte é um dos alvos da operação da Polícia Federal, desta terça-feira (15), sobre os atos. Ele também é suplente do senador Izalci Lucas (PSDB-DF). Ele não estava em casa, mas a PF apreendeu um computador.

Belmonte é um dos principais articuladores no processo de criação do partido Aliança pelo Brasil, do presidente Jair Bolsonaro. Ele é vice-presidente da legenda ainda não criada. O advogado também é casado com a deputada federal pelo DF Paula Belmonte (Cidadania).

Ao todo, são 21 mandados, e os alvos estão em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão e Santa Catarina.

O objetivo da ação, de acordo com os investigadores, é conseguir provas sobre a organização dos atos e sobre quem os financia.

A alegação de Alexandre Moraes é de que os atos atacaram e ameaçaram instituições como o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF).

Outro alvo da operação desta terça é Allan Santos, dono do canal da internet “Terça Livre”, também apoiador de Bolsonaro.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ednewton Viana Viana
Ednewton Viana Viana
3 meses atrás

Isso é uma putaria desenfreada e cheira a conspiração.

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!