A Secretaria de Saúde recebeu 641 próteses mamárias externas e 641 sutiãs para adaptação, destinados a atender 517 mulheres que aguardam em fila, muitas desde 2013. Os itens estão sendo entregues após avaliação e respeitando a ordem de registro na lista de espera.

Foram adquiridas 206 unidades de próteses mamárias externas tipo gota e em igual quantidade os sutiãs para adaptação de prótese mamária tipo gota.

E mais 435 unidades tipo triangular, com a mesma quantidade de sutiãs para adaptação de prótese do mesmo tipo. Essa quantidade refere-se à primeira execução da ata vigente n° 456/2018. Cada prótese custou R$ 120; cada sutiã, R$ 84,30.

A distribuição de todas as órteses e das próteses ambulatoriais para reabilitação física exige avaliação do usuário no Núcleo de Atendimento Ambulatorial de Órteses e Próteses.

Leia Também:  Joe, Eliana, Alírio, Rosso , Izalci e a terceira-via

“Após esse procedimento, os pacientes que necessitarem do material serão cadastrados e receberão o item à medida que estiver disponível na rede, respeitando a ordem de pacientes em lista”, explica a subsecretária de Logística, Mariana Mendes Rodrigues.

Aumento da autoestima

Para a gerente de Oncologia da Secretaria de Saúde, Érica Batista, a chegada dessas próteses é de extrema importância, do ponto de vista psicológico, para as pacientes mastectomizadas. “Aumenta a autoestima delas e também a adesão ao tratamento”, detalha.

As próteses são utilizadas por mulheres que precisaram retirar a mama em razão de um câncer. Segundo o painel de Oncologia do Instituto Nacional do Câncer (Inca), 1.863 mulheres estão em tratamento da doença no DF. Porém, nem todas precisam ser mastectomizadas.

Com informações da Agência Brasilia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu