Envolta de considerável expectativa, a eleição para conselheiros tutelares no Distrito Federal passará por mudanças.

Os deputados distritais aprovaram, na sessão extraordinária de ontem (24), em primeiro turno, uma alteração para permitir a recondução dos conselheiros tutelares ao cargo mediante novos processos de escolha. Atualmente, o mandato é de quatro anos.

Os parlamentares também aprovaram, em turno único, o Projeto de Decreto Legislativo nº 44/2019, que susta regras estabelecidas pelo Conselho dos Direitos da Criança e Adolescentes para a próxima eleição para conselheiros tutelares “por extrapolar a regulamentação”.

Leia Também:  Polícia apura possível atentado a Bolsonaro na posse

O parlamentar justificou a proposta argumentando que o órgão pretende criar uma espécie de “reserva de mercado” para conselheiros, por meio de restrições.

Com informações da CLDF

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mateus Rocha
Mateus Rocha
1 ano atrás

O seu DELMASSO, acaba de piorar a situação para a escolha de Conselheiros Tutelares.
Como pode instituições que NÃO SÃO CADASTRADAS NO CDCA emitir declarações para esse fim.

Muito estranho isso! Quem ele quer favoverecer!?
Outra coisa, pq não convocou o CDCA para dar explicações!?

Os assessores, ou o Próprio Deputado faltaram ler o ECA, NO CAP.II DAS ENTIDADES DE ATENDIMENTO.
Precisadamente no ART 91…

Agora, é esperar os próximos Capítulos dessa novela!.

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.