marcos dantas - Coluna Fim de Tarde
Bastidores Ferventes  
Nossa coluna descobriu que as movimentações nas salas do Palácio do Buriti e uma minirreforma está sendo tramada nas geladas mesas do centro do poder. 
Pegando Fogo I 
A tal minirreforma está prestes para acontecer. A unificação de  Subsecretarias de Administração Geral (SUAG) é uma cartada para reduzir o número de cargos comissionados e, consequentemente, o gasto com pessoal. 
Pegando Fogo II 
As mudanças, no entanto, não estão agradando em de forma alguma o vice-governador Renato Santana (PSD) e alguns secretários estratégicos do governo Rollemberg.
Arquitetado 
A ideia ganhou força nos últimos dias e deixa três áreas apenas com uma SUAG. Governadoria, Vice-Governadoria e Casa Militar. Outra mudança tira do secretário Marcos Dantas a autonomia no processo de gastos de sua pasta. Isto porque sua SUAG seria unificada com a da Casa Civil.
Os alvos 
Tudo será comandado por Hélio Doyle e administrada por petistas de carteirinha. Para o bom entendedor, a notícia mostra que, tanto Renato Santana, quanto Marcos Dantas, devem sair prejudicados neste processo. 
Vermelhos comandam 
A oposição acompanha a manobra de perto. Até porque a SUAG da Casa Civil está cheia de petistas decidindo os rumos do governo de Rodrigo Rollemberg. E aí fica uma pergunta. Há chances desta minirreforma ocorrer sem sangrias no governo? 
Afastado 
Marco Campanella, ex-diretor do DFtrans, está afastado da presidência do PPL-DF. Campanella ficará distante para se defender das acusações que pesam contra ele. Portanto, Campanella por ora não está à frente do partido.
Se defendendo 
Quem também se defendeu foi a deputada distrital Telma Ruffino. Em nota oficial, ela disse não ter conhecimento do seu processo de expulsão do PPL. A parlamentar vai esperar ser notificada para se pronunciar sobre o assunto 
Por Peterson de Souza 

Fonte: Redação 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar Menu