Covid-19: contratos na mira da Justiça

O MPDFT recomendou à Secretaria de Saúde que analise rigorosamente o contrato firmado com a empresa Hospital Domiciliar do Brasil para a gestão de leitos hospitalares.

A força-tarefa do Ministério Público do Distrito Federal fiscaliza as ações de enfrentamento à pandemia de covid-19.

A empresa foi contratada emergencialmente para gerir 173 leitos de enfermaria, 20 de suporte avançado e 4 de emergência em um hospital de campanha .

No entanto, inspeção realizada pelo MPDFT em maio constatou a ausência de equipamentos médico-hospitalares que fazem parte do contrato.

Autor


Horas
Minutos
Segundos
Estamos ao vivo