Após representar o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), em reunião no Ministério da Saúde, o secretário da pasta, Osnei Okumoto, tranquilizou a população. Em vídeo divulgado pela Secretaria de Saúde, ele informa que o Brasil vai receber no primeiro semestre de 2021, 100 milhões de doses. Contudo, vai ser parcelada, recebendo 15 milhões em janeiro.

Após embate do governador de São Paulo, João Doria e o Ministério da Saúde sobre o cronograma de vacinação contra a Covid-19, até o momento, não foi definida qual vacina o Brasil vai importar. A Pfizer foi a primeira farmacêutica a receber autorização para operar no ocidente, porém, por não receber resposta do Brasil a tempo, iniciou apenas agora as negociações.

De acordo com Osnei Okumoto, o DF está preparado para armazenar todo o montante de doses que chegar. E todos os locais foram devidamente conferidos pela Anvisa.

“Todas as salas de vacinação têm câmaras de conservação. E todas elas são reguladas e fiscalizadas pela Vigilância Sanitária para que tenham condições de armazenar e imunizar nossa população”, explica o secretário de Saúde.

Recentemente, o governador Ibaneis Rocha anunciou a compra de 2 milhões de seringas e agulhas. Agora, Okumoto acrescenta que mais 4,8 milhões já estão em processo de compra.

Leia Também:  Pastor do governo Trump na CLDF

Armazenamento

As vacinas contra a covid-19 necessitam de armazenamento específico em câmaras frias. Com isso, não somente o ponto central das vacinas, mas também todos os postos de vacinação no DF devem contar com sistemas de armazenamento corretos.

O subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, garantiu que o DF tem estrutura para o recebimento, armazenamento e distribuição das doses da vacina.

“A partir dessas discussões com o Ministério da Saúde estamos estruturando toda a nossa campanha para a vacinação contra a Covid-19. O Distrito Federal está altamente preparado para esta campanha, não faltarão insumos e todo o público-alvo definido terá acesso à vacina”, explica Divino.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!