Se a decisão de flexibilização tomada pelo governador Ibaneis Rocha recebe críticas, no entanto, há quem saia em defesa da medida.

É o caso do deputado federal Luis Miranda (DEM). Ele acredita que a chegada de equipamentos e medicamento do Ministério de Saúde, depois de articulação política com o ministro Eduardo Pazuello e do decreto de calamidade pública, são suficientes para a reabertura escalonada dos setores que faltam.

“No DF, o momento certo é agora porque conseguimos ter um espaço suficiente de respiradores para dar condição real de reabertura”, explica.

“Sou totalmente a favor da reabertura nessas condições. Sem condições de dar sobrevida àqueles que possam vir a sofrer com a contaminação, seria uma insanidade, um genocídio, inaceitável. Não é o caso da atitude do governador e de todos os que estamos acompanhando de perto.”

*Com informações de Alexandre de Paula
vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!