Setecentos trabalhadores terceirizados do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) demitidos pelas empresas que assumiram a gestão do lixo em Brasília serão recontratados pelo Governo do Distrito Federal (GDF). A decisão de dar uma nova função aos ex-funcionários foi anunciada a centenas deles, pessoalmente, pelo governador Ibaneis Rocha.

Horas depois da solenidade de nomeação dos 50 aprovados em concurso do SLU, no Palácio do Buriti, o governador desceu ao Salão Branco onde anunciou a contratação. Dos 700 garis dispensados no início de outubro – quando os novos contratos de prestação dos serviços de limpeza da cidade foram iniciados –, 100 já reassumiram suas funções, enquanto 400 serão recontratados pelas novas gestoras. Os outros duzentos, segundo Ibaneis, serão realocados em outros órgãos do GDF ainda no período em que estiverem recebendo o seguro desemprego.

Leia Também:  Justiça decide: agentes do Detran-DF não podem andar armados

Segundo ele, ao planejar economia dos gastos públicos e a aplicação das novas tecnologias na limpeza e coleta de lixo no DF, o destino dos trabalhadores acabou não sendo pensado – o que será revertido. “Eu sei o trabalho humilde que vocês fazem e, por meio deles, sustentam suas famílias. Por isso, é a nossa garantia de que ninguém desse grupo vai ficar desempregado.”

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!