A redução do interstício da Polícia Militar e Bombeiros do Distrito Federal virou motivo de briga política. Ontem (5) o DF teve mais um exemplo disso. Entenda:

Há um mês pelo menos, os membros da bancada do DF no Congresso Nacional preparavam uma audiência para tratar das condições de trabalho dos militares e o uso do Fundo Constitucional. Um dos principais temas seria achar alternativa para fomentar o caixa do GDF para que a categoria pudesse ter a redução de interstício – tempo de uma promoção para outra.

A audiência ocorreu ontem, mas incompleta. Entre os políticos que participariam da reunião no Congresso estava o secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Gustavo Torres. Ele já havia confirmado que iria. Aliás, ele e o governador Ibaneis Rocha receberam ligação do coordenador da Bancada do DF, o senador Izalci Lucas (PSDB), que garantiu uma reunião sem “cunho político” e “tranquila”, segundo o próprio parlamentar disse na reunião.

Ok. Estava tudo certo para a participação do secretário, até o dia anterior, na quarta. Porém, “de uma hora para outra” “inventaram” o evento no Buriti, o que acabou impedindo o secretário de Segurança participar da audiência no Congresso.

Leia Também:  Crise entre Rollemberg e Celina piora

No Buriti, Ibaneis deu posse a 83 peritos criminais tomaram posse em seus cargos e anunciou a autorização para concurso de 1.800 agentes de polícia, sendo 600 vagas de preenchimento imediato e 1.200 de cadastro reserva, ação que reforça a polícia judiciária e investigativa da capital.

No entendimento de militares em dezenas de grupos de Whatsapp, o governador Ibaneis Rocha marcou o evento ontem no Palácio do Buriti para esvaziar a reunião coordenada pela bancada do DF no Congresso Nacional. Foi uma maneira política de tirar poder de parlamentares na condução do caso problemático envolvendo os militares.

Os militares classificam a situação como uma queda de braço entre Ibaneis e Izalci. E para a categoria, Ibaneis agiu açodadamente querendo antecipar uma eleição que será apenas em 2022.

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
profjc65 juniorHélio Lima Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Hélio Lima
Visitante

O Izalci não é confiável, portanto acho correto o que fez o grupo do governador Ibanêis.

profjc65 junior
Membro
profjc65 junior

..POR AI….

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu