Os deputados distritais têm articulado para conseguirem mais poder na hora de definir a destinação e aplicação dos recursos públicos do orçamento do Distrito Federal.

Segundo informações do Correio Braziliense, nove deputados da próprio base do governo Ibaneis assinam um projeto de Emenda à Lei Orgânica que pretende reservar até 1% da receita corrente líquida (RCL) de Brasília para a execução obrigatória de emendas coletivas, de bancada ou bloco parlamentar.

É trazer para o DF, o orçamento impositivo que o Congresso Nacional está trabalhando par aprovar. Nesse caso, as emendas terão que ser obrigatoriamente executadas para os seus respectivos destinos, já definidos pelos distritais.

Vale lembrar que 95% do orçamento do DF já é carimbado,

As emendas serviria apenas para aquisição de equipamentos, realização de obras e compra de imóveis.

Atualmente, os deputados encaminham emendas, mas o governo não tem obrigação de executar do jeito que o parlamentar quer.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Elton Santos

Elton Santos é formado em jornalismo e atua na área política do Distrito Federal há oito anos, sempre buscando os bastidores do poder. Já passou por redações e assessorias na capital federal
Fechar Menu