Já está em andamento a implantação da faixa exclusiva para transporte coletivo no Eixo Monumental. Os trabalhos começaram no sábado (14), com a pré-marcação de pintura, prosseguindo no domingo (15) com a pintura das linhas de sinalização horizontal do corredor. A próxima etapa é a sinalização vertical.

O sistema de circulação prioritária contemplará as vias S1, sentido Cruzeiro-Esplanada dos Ministérios, e N1, sentido Congresso Nacional-Setor Militar Urbano (SMU).

O projeto é desenvolvido pela Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) e conta com o apoio do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Como funciona
As pistas do Eixo Monumental são compostas por seis faixas de cada lado – a de corredor exclusiva terá um total de 15 km de extensão, sendo 7,5 km de cada lado. A faixa da direita será exclusiva para o trânsito de ônibus em dias úteis e pontos facultativos; nos fins de semana e feriados, será liberada.

Além dos coletivos das linhas do DF e do Entorno, também poderão circular nas novas faixas prioritárias táxis e veículos de transporte escolar. Para todos os outros automóveis, a passagem será proibida.

Leia Também:  MS atende deputado e distribui remédios contra a Covid para o GDF

Os locais das paradas de ônibus permanecerão inalterados, e nas entradas para outras vias e para o Parque da Cidade, por exemplo, a linha de sinalização passará de contínua a pontilhada.

Prioridade
“Esse projeto tem como objetivo priorizar o transporte público e agilizar a vida dos passageiros, reservando uma faixa de cada lado do Eixo Monumental só para os coletivos”, resume o secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro.

A faixa exclusiva visa dar mais rapidez aos ônibus, que enfrentam lentidão principalmente em horários de pico. No trecho em frente ao TJDFT, na Via S1, e na altura do Teatro Nacional, na Via N1, os veículos empreendem mais de 2 mil viagens diárias, transportando uma média de 160 mil passageiros por dia. O DF já conta com 135,2 km de faixas exclusivas para ônibus, que funcionam na EPTG, na EPNB, na W3 Sul e Norte e no Setor Policial.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!