A crise política na saúde fez mais um vítima e mais um diretor de hospital foi exonerado. Dessa vez, o responsável pelo Hospital Regional da Asa Norte, Gustavo Bernardes, vai deixar o comando da unidade.

Segundo o governador Ibaneis Rocha, havia um tipo de “embarreiramento no atendimento para que as pessoas ficassem do lado de fora para expor uma situação que não era real porque havia leitos dentro do hospital”.

Leia Também:  De casa nova

Além de Bernardes, o superintendente da regional de saúde, Adriano Ibiapina, também deixou o cargo.

Os servidores estariam boicotando a saúde. Com mais esse capítulo se encerra de vez a relação amistosa que Ibaneis tinha com a categoria. O diretor do Hospital de Brazlândia já havia sido exonerado pelo episódio da sala do descanso.

Até quando o povo ficará refém dessa briga?

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] Entenda o caso aqui […]

Jane
Jane
1 ano atrás

Ibaneis não passa de um incompetente, e todo incompetente é assim… fica culpando os outros para justificar sua incapacidade. Está na hora de pedir pra sair.

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.