O manifestante Renan Sena foi detido pela Polícia Civil na tarde deste domingo (14).

O homem, que é ex-funcionário terceirizado do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, foi levado à delegacia pelos crimes de calúnia e injúria, após divulgar vídeo com ofensas contra autoridades do três Poderes e o governador Ibaneis Rocha (MDB).

No entanto, foi liberado na noite de ontem após assinar um termo de comparecimento em juízo.

Leia Também:  Distrital sofre em hospital público

Sena já é indiciado por injúria durante outro protesto, no início de maio. Na ocasião, ele xingou enfermeiras que participavam de ato em memória a vítimas da Covid-19.

Ibaneis diz que não aceitará ameaças de bolsonaristas: ‘Quem agir assim será preso’.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!