As igrejas e os templos do Distrito Federal, fechados desde o dia 19 de março, foram reabertas ontem (3). A retomada das atividades foi permitida por um decreto publicado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), no último sábado (30).

No entanto, nem todos terão encontros coletivos imediatamente. Para funcionar, em meio à pandemia do novo coronavírus, as atividades religiosas deverão seguir algumas regras:

*Encontros devem ser realizados em locais com capacidade para mais de 200 pessoas

*Afastamento mínimo de 1,5 metro entre fiéis, com demarcação nos assentos

*Alternar fileiras de cadeiras a serem ocupadas de outra com cadeiras desocupadas

*Afixação, em local visível, de placa com informações quanto à capacidade total do estabelecimento, metragem quadrada e quantidade máxima de frequentadores permitida

Leia Também:  Bispo Renato dispara

*Proibição do acesso de idosos com mais de 60 anos, crianças com menos de 12 anos e pessoas do grupo de risco

*Na entrada, deve haver produtos para higienização de mãos e calçados, preferencialmente álcool em gel 70%

Uso obrigatório da máscara de proteção

Medição da temperatura dos frequentadores na entrada do estabelecimento, com termômetro infravermelho sem contato, sendo proibido o ingresso de quem apresentar mais de 37,3°C

O decreto prevê ainda aconselhamento individual – para evitar aglomerações – e uso dos meios virtuais para reuniões coletivas. Além disso, as celebrações presenciais devem ocorrer com intervalos de, no mínimo, duas horas.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!