O TJDFT, nesta sexta-feira (22), suspendeu emenda de autoria do deputado distrital Iolando Almeida (PSC) ao projeto de resolução que reformula o Fundo de Assistência à Saúde dos Deputados Distritais e Servidores da Câmara Legislativa (Fascal).

A modificação, entretanto, permitia que ex-servidores e os dependentes deles com doença pré-existente tivessem acesso vitalício ao plano.

A 2ª Vara da Fazenda Pública do DF determinou que o presidente da CLDF, Rafael Prudente (MDB), se abstenha de autorizar o pagamento ou disponibilização de recursos do fundo de assistência à saúde para ex-funcionários e dependentes, mesmo com doença pré-existente, por mais de 24 meses. A multa para o caso de descumprimento foi estipulada em R$ 200 mil.

Leia Também:  Na Lata #5

vicenzo1 255x144 - Liminar suspende plano de saúde vitalício para ex-servidoresO juiz Eduardo Branco Carnacchioni entendeu que há “ameaça séria de lesão ao patrimônio público”. A decisão atende a uma ação popular de autoria do promotor Marco Vicenzo Junior.

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!