Por tanto tempo considerado como um “elefante branco”, o Estádio Nacional Mané Garrincha tem agora uma cara definida. Foi assinado hoje pela manhã, o contrato Arena BSB, consórcio responsável pela gestão do espaço, e a companhia mexicana Cinépolis.

O Mané terá um complexo com 14 salas de cinema e exibição em drive-in no estacionamento. O investimento total será de R$ 46 milhões e serão gerados 200 empregos diretos.

Leia Também:  Mais escutas

As salas serão instaladas no boulevard do Estádio, que tem previsão de começar a ser construído em 2020. A estimativa é que o espaço esteja em funcionamento em 2021.

Com informações do Correio Braziliense

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.