Dados destacados na segunda edição do Mapa das Desigualdades do Distrito Federal, lançado pelo Movimento Nossa Brasília, o Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) e a Oxfam Brasil mostra dados sobre a desigualdade nas regiões administrativas, mobilidade, educação e infraestrutura.

Semana passada falamos sobre a situação nas cidades do DF.  A renda é menor na Estrutural, Fercal, Itapoã, Paranoá, Recanto das Emas e Varjão.

O destaque de hoje é a educação do DF. Nas cidades analisadas, poucas crianças e adolescentes conseguem frequentar escolas nas suas próprias regiões, principalmente por falta de vagas próximos de suas residências. No Itapoã, apenas 26% consegue ir a escola na região onde moram.
Na Estrutural, houve uma pequena melhora entre 2016 e 2018, indo de 38% para 51% aqueles que conseguem estudar próximos de casa, a porcentagem é semelhante a São Sebastião (66,7%). Plano Piloto e Samambaia estão com melhor oferta, ficando acima de 80%, São Sebastião em 94%.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Simone Leite

Jornalista há 12 anos, Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há 8 anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!
Fechar Menu