refis - MP investiga gastança com cartas da Câmara
Informações Millena Lopes & Francisco Dutra – Jornal de Brasília 
Os gastos estratosféricos da Câmara Legislativa com verba de correspondência estão na mira do Ministério Público. Também pudera! Em tempos de redes sociais nos computadores e celulares, não faz sentido desembolsar milhões de reais dos cofres públicos com cartas e similares. O MP começa a analisar a questão com lupa para saber as entrelinhas da gastança. Promotores deverão requisitar informações para a Casa muito em breve e querem começar a devassa ainda neste semestre.
Entre a moralidade e a ilegalidade
Em tese, os gastos com verba de correspondência são feitos dentro da legalidade. Mas, moralmente, afrontam o bom senso e a paciência da população, castigada pela pior crise da história do DF. O MP quer saber se algum parlamentar ultrapassou esta linha. Mas, convenhamos, depois de todos os escândalos da Casa, os próprios distritais já deveriam ter cortado esta despesa.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar Menu