clt - Na CLDF: Mais perguntas que respostas
A terça-feira,22, legislativa teve como pano de fundo a Operação Drácon. O clima era de velório. O Ministério Público do DF pediu ao Tribunal de Justiça do DF (TJDF) que afaste os deputados distritais: Celina Leão (PPS), Raimundo Ribeiro(PPS), Júlio César (PRB), Bispo Renato(PR) e Cristiano Araújo (PSD). 
A pergunta é: os distritais serão afastados? Como fica a sucessão da Câmara Legislativa caso essa situação se concretize? 
–> Seja qual for a resposta essa bomba estourou em plena a sucessão da Câmara Legislativa. No dia 15 de dezembro a CLDF estará de presidente novo. A decisão da justiça pode influir diretamente no processo. A situação está embolada. 
Se houver o afastamento dos titulares, suplentes assumem. Senão ocorrer, a dúvida é: em que condições os parlamentares no olho furacão estarão para influir no processo? Mais uma pergunta sem resposta.  
A verdade é que essas denuncias deixaram a imagem da Câmara Legislativa ainda mais arranhada. Assim o Palácio do Buriti fica com toda a tranquilidade do mundo para aprovar os seus créditos e ter influência na composição da Mesa Diretora.  
O atual cenário político é tranquilo e favorável para uma só pessoa: o governador Rodrigo Rollemberg. O cheiro de impeachment e igual ao título do Flamengo uma verdadeira utopia. 
Agora a bola está com a justiça. 
Fonte: Redação 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar Menu