O nome de Letícia Curado, vítima de feminicídio em agosto de 2019, pode virar praça.  O tema vai ser discutido em uma audiência pública marcada para o próximo dia 9, no auditório da OAB em Planaltina, cidade onde residia Letícia.

O deputado Claudio Abrantes (PDT), que também é presidente da CPI do Feminicídio da CLDF, é o autor da homenagem.

“O nome de Letícia estampado em uma praça não se limita a sua morte precoce, mas representa a vida de milhares de mulheres que sofrem abusos em uma sociedade marcada pelo machismo estrutural”.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Márcia Aparecida Gonçalves Gomes
Márcia Aparecida Gonçalves Gomes
9 meses atrás

Acho justo que isso aconteça. As mulheres viraram brinquedos nas mãos desses bandidos, que muitas das vezes nem tem penalidade alguma, por conta de nossas Leis que permitem que um cidadão que não foi pego em flagrante, pague uma fiança nem mesmo passam uma noite sequer preso, e muitos resultados que vemos, são eles respondendo processos a vida inteira e não dá em NADA!!!

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!