A Câmara Legislativa aprovou ontem (4) uma lei que proíbe a nomeação de pessoa condenada por violência doméstica, além de crime sexual contra criança e adolescente.

A nomeação será proibida desde a data da condenação até oito anos após o cumprimento da pena.  Essa regra é uma proposta de emenda à Lei Orgânica (PELO) nº 6/2019, de autoria do deputado João Cardoso (Avante).

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.