A edição do Diário da Câmara Legislativa do Distrito Federal desta segunda-feira (28) assustou os servidores da saúde pública.

Pelo que foi aprovado na última quinta-feira (25), foi aprovado o projeto de lei que criou o Instituto Hospital de Base em Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF).

A polêmica é que havia sido retirado do texto os hospitais de Taguatinga e Infantil (HRT e HMIB).

Porém, na redação final do PL publicado hoje, há a inclusão dos dois hospitais.

Segundo assessoria da CLDF, um erro provocou a publicação do texto antigo  e isso será corrigido.

[pdf-embedder url=”https://radiocorredor.com.br/wp-content/uploads/2019/01/DCLnº-022-de28dejaneirode2019.pdf” title=”DCL+nº 022, de+28++de+janeiro+de+2019″]

Deixe uma resposta

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.