A Polícia Civil do Distrito Federal tem nova organização. E ai de quem roubar. A nova estrutura, publicada no Diário Oficial, criou o Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (DECOR). Ali serão concentradas investigações sensíveis envolvendo a administração pública, bem como o enfrentamento às facções criminosas. São mais de 90 policiais civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães compondo o novo Departamento.

O DECOR contará em seu organograma com quatro Divisões: de Repressão à Corrupção; de Repressão ao Crime Organizado; de Repressão aos Crimes Contra Ordem Tributária; e de Repressão às Facções Criminosas. Além desses, operam ainda Seções de Inteligência Policial, de Análise Financeira, de Operações Técnicas e de Controle e Guarda de Bens Apreendidos.

A criação da nova estrutura vai ao encontro de deliberação do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), que pretende criar Departamentos semelhantes nas polícias civis dos 26 Estados do país. O DECOR trará maior envergadura para o combate à corrupção e a criminalidade organizada no DF, refletindo em mais resultados positivos nessas áreas.

Leia Também:  Partidos não estão aceitando "Tubarões"

“A unidade ganha mais independência e autonomia administrativa interna, passa ter condições de realizar ações de maior envergadura sem ter que contar com o apoio a outras unidades da PCDF. Além disso, como departamento ganha mais visibilidade e respeito frente ao público externo, principalmente em relação aos demais atores da persecução penal, como as polícias civis de outros estados e o Ministério Público”, pontuou o diretor do DECOR, delegado Leonardo Cardoso.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!