Com previsão de entregue para o final do ano passado, o sistema produtor de água de Corumbá IV não tem data específica para ser entregue à população.

Segundo o presidente da Caesb, Fernando Leite, foram encontrados problemas e a empresa está “fazendo um esforço tremendo para que entre em operação o mais rápido possível”.

Leite deu as declarações no último sábado à Agência Brasília, veículo de informações do próprio governo.

A expectativa é este ano, mas temos pouco mais de 30 dias à frente da empresa. E essa obra é muito grande. Estamos buscando a solução de todos os problemas que encontramos – e são muitos. As linhas de transmissão de 138 quilovolts não estão prontas ainda. Muitas torres de transmissão grandes ainda estão no papel. Estamos nos esforçando, mas dependemos de elementos fundamentais da operação, como as válvulas, fabricadas nos Estados Unidos, e que a entrega precisa ser negociada com as empresas. Já temos representantes na fábrica fazendo inspeções, testes, portanto, estamos fazendo nossa parte para acelerar, mas há fatores que não dependem somente de nós.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu