O presidente da OAB-DF, Délio Lins, adiantou na última semana resultados de estudo inédito da entidade cuja constatação é de que 36% dos magistrados do DF têm atuado de portas fechadas para a advocacia nos últimos meses.

Ele criticou o uso da tecnologia em situações que considera desfavorecer o cumprimento da Constituição, como em audiências de instrução, por exemplo, e na sustentação oral. De acordo com ele, alguns casos, a sustentação oral até poderia ser feita, mas de forma opcional para os advogados.

Leia Também:  As motos do escárnio

 

 

 

*com informações de Hylda Cavalcanti
vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!