A decisão do governador Ibaneis, de permitir a abertura dos escritórios de advocacia em meio à pandemia do novo coronavírus, foi reprovada pelo presidente da OAB-DF, Délio Lins.

O decreto autorizou o atendimento presencial também em escritórios de contabilidade, engenharia, arquitetura e imobiliárias.

Délio disse, entretanto, que o momento ainda é de cautela.

“A OMS continua a sugerir o profundo rigor para liberação das atividades, razão pela qual a OAB/DF reitera a necessidade de prudência para toda nossa categoria.”

De acordo com Délio, a OAB-DF vai pedir explicações sobre os critérios adotados por Ibaneis para permitir a abertura de algumas atividades e manter outras com as portas fechadas.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!