O Governo do DF, por meio da Secretaria de Projetos Especiais (Sepe), publicou nesta terça-feira (9) um procedimento de manifestação de interesse (PMI) visando entregar a gestão do Aterro Sanitário de Brasília à iniciativa privada. A publicação consta em Diário Oficial (DODF).

O PMI é uma possibilidade que o GDF dá às empresas privadas de apresentarem projetos de gestão da unidade, que fica em Samambaia e já está com metade da capacidade ocupada. Os interessados, agora, poderão apresentar um pedido de autorização para realizar estudos técnicos, jurídicos e econômico-financeiros no âmbito do aterro.

Os estudos apresentados terão de conter sugestões para implantações de uma unidade de triagem mecânica de resíduos e uma unidade de recuperação energética de rejeitos, além de adequação da unidade de tratamento de chorume e aproveitamento energético de gases de aterro.

Os requerimentos poderão ser entregues até o dia 9 de março, das 8h às 18h, na sede da Secretaria de Projetos Especiais, localizada no Palácio do Buriti.

Deixe uma resposta

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!