O Sinpro tem acompanhado de olhos bem atentos a tramitação de alguns projetos.

De acordo o Sindicato, a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) colocou na pauta de votação, tanto nas comissões quanto em Plenário, muitos projetos que afetam diretamente a vida da educação pública do DF e dos trabalhadores da educação pública.

São eles:

Projeto de Lei Complementar nº 46/2020

Estabelece regras do Regime Próprio de Previdência Social do Distrito Federal, de acordo com a Emenda Constitucional nº 103, de 2019, modifica as alíquotas de contribuição previdenciária e afeta todos os servidores do GDF.

A proposta, entretanto, está em discussão entre os parlamentares e o Governo e nos próximos dias deve ser apresentada uma nova proposta pelo GDF em substituição à anteriormente protocolada.

Projeto de Lei nº 1758/2017

Estabelece diretrizes para ‘Infância Sem Pornografia’ no âmbito do Distrito Federal. Trata-se de projeto na mesma linha do Movimento Escola Sem Partido.

Projeto de Lei nº 781/2019

Dispõe sobre a proibição da exposição de crianças, de até 12 (doze) anos, a danças que aludam à sexualização precoce nas escolas do Distrito Federal.

Leia Também:  A eleição e o anão PSDB-DF

O projeto também está na linha do Movimento Escola sem Partido, que o Sinpro é totalmente contra.

Ensino Domiciliar

Projeto de autoria do Poder Executivo que regulamenta a educação domiciliar no DF foi protocolado semana passada e tramita em regime de urgência.

Em semelhança ao PL 356/2019, do deputado João Cardoso. De acordo com o Sindicato, a proposição é extremamente prejudicial à proteção integral de crianças e adolescentes, pois é na escola que estas encontram o ambiente que pode protegê-las e alertá-las sobre o abuso infantil.

Projeto de Lei 1571/2015

Reconhece as atividades das escolas de educação infantil e creches como serviços essenciais para a população do Distrito Federal em situações de calamidade pública, de emergência, de epidemia ou de pandemia. A medida, no entanto, é de autoria da deputada Júlia Lucy.

O Sinpro conversa constantemente com os parlamentares com a finalidade de impedir que esses projetos sejam aprovados.

 

 

 

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Venceslau Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Venceslau
Visitante
Venceslau

…É incrível! Às vezes não acredito que ainda ainda o SINPRO é capaz de surpreender: todo e qualquer projeto que visa proteger crianças e adolescentes de idéias esquerdistas, comunistas e fascistas, esse sindicato é contra. defender idéias esquerdistas (de direita, centrão ou seja qual for a ideologia), eles são a favor? Defender que crianças pratiquem danças e coreografias com conteúdo sexual ou incitação sexual, eles são contra?????Inacreditável isso!….

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!