O Ministério Público do Distrito Federal está investigando denúncias de cobrança de propina para liberação de alvarás na Administração Regional da Estrutural.

O órgão já pediu à administração o “congelamento” de 1500 alvarás da cidade da Estrutural concedidos durante a gestão do governo passado, de Rodrigo Rollemberg.

As suspeitas são de que as pessoas responsáveis para emissões de alvarás dentro da administração cobravam propina de no mínimo R$ 2 mil reais de empresários da cidade.

Leia Também:  Nove distritais contra

Embora a denúncia tenha sido feita há 7 meses, o pedido do “congelamento” dos alvarás para aprofundamento na investigação foi feito duas semanas atrás.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.