Está previsto para a próxima quinta-feira no Supremo Tribunal Federal (STF), a análise da legalidade de aumentos salariais concedidos sem dotação na Lei Orçamentária Anual (LOA). Isso vai impactar diretamente na vida dos brasilienses, sobretudo dos servidores públicos.

O recurso extraordinário que será analisado foi ajuizado pelo governo de Roraima e tem repercussão geral, ou seja, o entendimento será estendido às outras unidades da Federação.

Leia Também:  Acordo na CLDF

No DF, 32 categorias de servidores estão à espera do pagamento da terceira parcela do reajuste salarial aprovado em 2013 — e que deveria ter sido incorporada em 2015.

O impacto previsto nas contas públicas é de cerca de R$ 1,5 bilhão por ano, informa o Correio Braziliense.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.