‘Sinal Vermelho’: vítimas de violência doméstica podem pedir ajuda no comércio

A lei que institui o desenho do ‘x’ na mão como marca para que mulheres vítimas de violência doméstica ou familiar possam pedir socorro, com discrição, em órgãos públicos e comércio foi publicada no diário Oficial (DODF) de hoje (11). Estabelecimentos como farmácias, portarias de condomínios, repartição pública, supermercados e hotéis poderão socorrer as vítimas.

O código era usado somente em farmácias cadastradas na campanha “Sinal Vermelho”, que passou a valer em junho.

A Lei nº 6.713, sancionada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), é de autoria do deputado distrital delegado Fernando Fernandes.

O parlamentar conversou com o portal Rádio Corredor.

Autor


Horas
Minutos
Segundos
Estamos ao vivo