O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF), Alex Galvão, veio a público nesta segunda-feira (5) para pedir vacinas contra a covid-19 para policiais civis da capital.

No DF, desde o fim do mês passado, as doses remanescentes que sobram dos frascos no fim do dia são aplicadas em profissionais de segurança, especialmente em policiais militares que estiverem atuando no policiamento dos postos de vacinação. O presidente do Sinpol-DF pede que estas doses da “xepa” também sejam destinadas aos civis.

“Não é possível fazer segurança pública por teletrabalho. Não é possível conduzir investigações, desbaratar quadrilhas (inclusive que agem no serviço público) por teletrabalho”, declarou Galvão. “A xepa tem que ser universalizada em toda a segurança pública”, prosseguiu.

Leia Também:  Ibaneis no STF
Começo da vacinação

Depois de prometer que os profissionais das forças de segurança começariam a ser vacinados no último sábado (3), a Secretaria de Saúde começou a imunização da categoria na segunda (5). Mas só estão disponíveis 2.310 doses até agora. O GDF espera a chegada de mais remessas para ampliar a vacinação.

Por conta das poucas doses, a imunização para os policiais civis foi liberada para apenas 350 pessoas. Os profissionais devem procurar a UBS 1 do Guará até esta terça (6) para tentar a vacinação.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!