A Universidade de Brasília (UnB) será um dos centros de testes de uma vacina contra o novo coronavírus produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech. A instituição vai fazer parte de um estudo coordenado pelo Instituto Butantan e que também será realizado em outros cinco estados do país.

A medida foi anunciada nesta quarta-feira (1º) pelo governador de São Paulo, João Dória (PSDB). Os testes realizados na UnB farão parte da terceira fase do estudo, com a aplicação da vacina em humanos.

De acordo com o governo de SP, ao todo serão utilizados nove mil voluntários em centros de pesquisas em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. O professor Gustavo Romero, que vai coordenar o estudo no DF, disse que o início da pesquisa depende de um protocolo a ser publicado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Leia Também:  Izalci, o centro das atenções

“Esperamos que seja rápido, porque todo mundo tem pressa. Há um interesse máximo de que isso seja resolvido o mais rápido possível.”

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há nove anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!