Vacina/Covid-19: há vagas para voluntários na pesquisa da UnB

Participantes devem ser profissionais da saúde expostos ao novo coronavírus. Objetivo é vacinar 850 pessoas no Distrito Federal.

Os testes com a vacina chinesa contra a Covid-19, feitos no hospital da Universidade de Brasília (UnB), “estão correndo como o esperado e ninguém apresentou nenhum evento adverso até o momento”. A afirmação é do professor Gustavo Romero, responsável pela pesquisa no DF.

“Estamos otimistas com relação à segurança e eficácia da vacina”, afirma o professor.

A novidade, anunciada nesta quinta-feira (17), é que ainda há vagas para voluntários . Eles devem ser profissionais da área de saúde, expostos ao vírus, e podem se inscrever pela internet.

O objetivo é imunizar 850 pessoas no DF. O HUB é um dos 12 centros no Brasil que participam do ensaio clínico, coordenado pelo Instituto Butantan e autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com o Hospital Universitário da UnB, mais de mil pessoas manifestaram o desejo de participar da pesquisa. No entanto, nem todas vão ser imunizadas.

“Muitos voluntários não se encaixavam no perfil ideal para tomar a vacina”, explica o hospital.

Os voluntários receberam a primeira dose do medicamento no dia 5 de agosto. A pesquisa foi planejada para avaliar o grupo até 12 meses após a aplicação.

No entanto, o professor Gustavo Romero afirma ser possível que os resultados sejam demonstrados antes, caso seja comprovada a segurança e eficácia do medicamento.

Autor

Raad Massouh na Resenha do Vicenzo em 20/10/21

20/10 às 20:00
Raad Massouh na Resenha do Vicenzo em 20/10/21

Horas
Minutos
Segundos
Estamos ao vivo