Nem na base do governo de Ibaneis Rocha há consenso para se votar o projeto de lei que muda as regras da concessão de licença-prêmios aos servidores públicos.

O deputado distrital Jorge Vianna (Podemos), oriundo da categoria da saúde, disse que estar analisando ainda. “Não da pra avaliar tão rápido assim, ainda mais porque tem muitas emendas”, disse.

Lembrando que o novo texto do PL – o terceiro – foi enviado aos deputados ontem à noite e o GDF tem expectativas de votarem hoje a proposta.

Leia Também:  Um breve resumo da dança das cadeiras partidárias

Para Vianna, o novo texto “não mudou muita coisa” da primeira proposta. Pelo novo PL, os servidores vão ter que usufruir dos dias de licença. E esses dias não poderão mais ser convertido em pecúnias, como ocorre atualmente.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.